Galeria

03/03/2013

DnM apresentou Paula Santono no show "Mar do Meu Mundo

Próximos Eventos

1
2
7
4
6
5
3
?1468001446

Domingo no Museu

Leva para o palco do Museu de Arte da Pampulha grandes nomes da música mineira e brasileira, como Paulo César Pinheiro, Sérgio Santos, Vânia Bastos, Teresa Cristina, Fabiana Cozza, Juarez Moreira, entre outros, mesclando MPB, samba e a musica instrumental. O Projeto acontece sempre no primeiro domingo do mês, às 11h00, no auditório do MAP com ingressos a preços populares.

DnM apresentou Paula Santono no show "Mar do Meu Mundo 03/03/2013

 

Com sua bela voz Paula Santoro cantará, no Domingo no Museu, realizado pela Veredas Produções, as belezas do mar e a sua semelhança com sentimentos humanos, que refletem a calmaria, turbulência e mistério do nosso mar interior.  Acompanhada pelos músicos Rafael Vernet (pianoe arranjos), Rafael Barata (bateria), Marco Lobo (percussão) e Bruno Aguilar (contrabaixo), a cantora se apresentará no Museu de Arte da Pampulha, dia 3 de março, às 11 horas.  
No repertório do show estão as canções de seu último álbum, Mar do meu Mundo. Nas composições, a temática marinha se destaca e, nas letras, a palavra mar surge delicadamente para consolidar este conceito que surgiu de maneira espontânea, durante a pré-produção do trabalho. “O mar é uma espécie de desejo oculto para nós mineiros”, confessa a artista.
Este é o quinto CD de Paula Santoro e apresenta o reflexo atual da cantora que, neste momento de sua carreira, está ainda mais segura da estética musical que defende e acredita. Mais do que uma fotografia de sua fase artística, Mar do meu Mundo é o mergulho da artista em sua musicalidade. O disco contou, ainda, com a participação do grupo UAKTI, Maurício Tizumba, e dos compositores Léo Minax, Chico Amaral, Kristoff Silva, Makely Ka e Antonio Loureiro.
Paula Santoro figura entre as grandes intérpretes da sua geração. Mineira, de Belo Horizonte, a cantora se projetou, nacionalmente, após conquistar o terceiro lugar no V Prêmio Visa de Música, em 2002. Sua discografia inclui, além de álbuns solos, colaborações em discos de artistas como Guinga, Nivaldo Ornelas, Pacífico Mascarenhas e Eduardo Neves. 
Recentemente, a cantora se apresentou no Auditório Ibirapuera, em São Paulo, no lançamento do CD Mário Adnet – um olhar sobre Villa-Lobos. Na ocasião, a artista se apresentou ao lado de Edu Lobo, Yamandú Costa, Mário Adnet, Mônica Salmaso, Renato Braz, Muiza Adnet e Orquestra Sinfônica de São Paulo (OSESP).
Em sua carreira, importantes shows realizados no exterior, dentre eles, turnês na Índia e Itália; apresentação em Nova Iorque (2012), na Conferência APAP (Association of Performing Arts Presenters), e participação no “Tributo a Ary Barroso”, ao lado de Alcione, em Londres (2003). No Brasil, atuação em projetos e festivais como Tudo é Jazz, Tributo a Jobim, Sintonia Fina, Projeto Pixinguinha e Novas Esquinas, uma homenagem aos 40 anos do Clube da Esquina, idealizado pela cantora e com a participação de Lô Borges, Flávio Venturini, Toninho Horta, Tavinho Moura e Nelson Ângelo.
Na TV, Paulo Santoro interpretou o tema de abertura da novela “Pantanal”, da Rede Globo, ao lado do compositor e arranjador Marcus Viana. A cantora também atuou na minissérie “Chiquinha Gonzaga” e se apresentou no programa “Som Brasil”, em homenagem a Ivan Lins, da emissora global. No teatro, participou dos musicais Manoel, Audaz, Mulheres de Hollanda, Aldir Blanc e Um Cara Bacana.
A série Domingo no Museu
Tradicional no cenário cultural de Belo Horizonte e do estado, o Projeto Domingo Museu apresenta ao público ícones da música em um dos cartões postais da capital, o Museu de Arte da Pampulha (MAP). Patrocinado pelas empresas Hermes Pardini e Tecnocal, através das leis Municipal e Estadual de Incentivo à Cultura, o projeto já recebeu artistas como Alda Rezende, Paulo Bellinatti, Weber Lopes, Thiago Delegado, Paulo Freire e André Mehmari. A realização do Domingo no Museu no MAP consolidou o espaço como palco para atividades de lazer e cultura, proporcionando aos belo-horizontinos, um ambiente agradável com atrações de qualidade.
SERVIÇO:
Domingo no Museu – Paula Santoro, Mar do Meu Mundo
Local: Museu de Arte da Pampulha (Av. Otacílo Negrão de Lima, 16585)
Data: Dia 3 de março, às 11 horas
Ingressos à R$10 (inteira) – Renda revertida para a conservação do MAP
Locais de venda: No Museu de Arte da Pampulha e na loja Acústica CD’s (Rua Fernandes Tourinho, 300) – A partir do dia 25/02/2013
Informações: (31) 3277-7996

 

Com sua bela voz Paula Santoro cantará, no Domingo no Museu, realizado pela Veredas Produções, as belezas do mar e a sua semelhança com sentimentos humanos, que refletem a calmaria, turbulência e mistério do nosso mar interior.  Acompanhada pelos músicos Rafael Vernet (pianoe arranjos), Rafael Barata (bateria), Marco Lobo (percussão) e Bruno Aguilar (contrabaixo), a cantora se apresentará no Museu de Arte da Pampulha, dia 3 de março, às 11 horas.  


No repertório do show estão as canções de seu último álbum, Mar do meu Mundo. Nas composições, a temática marinha se destaca e, nas letras, a palavra mar surge delicadamente para consolidar este conceito que surgiu de maneira espontânea, durante a pré-produção do trabalho. “O mar é uma espécie de desejo oculto para nós mineiros”, confessa a artista.


Este é o quinto CD de Paula Santoro e apresenta o reflexo atual da cantora que, neste momento de sua carreira, está ainda mais segura da estética musical que defende e acredita. Mais do que uma fotografia de sua fase artística, Mar do meu Mundo é o mergulho da artista em sua musicalidade. O disco contou, ainda, com a participação do grupo UAKTI, Maurício Tizumba, e dos compositores Léo Minax, Chico Amaral, Kristoff Silva, Makely Ka e Antonio Loureiro.
Paula Santoro figura entre as grandes intérpretes da sua geração. Mineira, de Belo Horizonte, a cantora se projetou, nacionalmente, após conquistar o terceiro lugar no V Prêmio Visa de Música, em 2002. Sua discografia inclui, além de álbuns solos, colaborações em discos de artistas como Guinga, Nivaldo Ornelas, Pacífico Mascarenhas e Eduardo Neves. 


Recentemente, a cantora se apresentou no Auditório Ibirapuera, em São Paulo, no lançamento do CD Mário Adnet – um olhar sobre Villa-Lobos. Na ocasião, a artista se apresentou ao lado de Edu Lobo, Yamandú Costa, Mário Adnet, Mônica Salmaso, Renato Braz, Muiza Adnet e Orquestra Sinfônica de São Paulo (OSESP).
Em sua carreira, importantes shows realizados no exterior, dentre eles, turnês na Índia e Itália; apresentação em Nova Iorque (2012), na Conferência APAP (Association of Performing Arts Presenters), e participação no “Tributo a Ary Barroso”, ao lado de Alcione, em Londres (2003). No Brasil, atuação em projetos e festivais como Tudo é Jazz, Tributo a Jobim, Sintonia Fina, Projeto Pixinguinha e Novas Esquinas, uma homenagem aos 40 anos do Clube da Esquina, idealizado pela cantora e com a participação de Lô Borges, Flávio Venturini, Toninho Horta, Tavinho Moura e Nelson Ângelo.


Na TV, Paulo Santoro interpretou o tema de abertura da novela “Pantanal”, da Rede Globo, ao lado do compositor e arranjador Marcus Viana. A cantora também atuou na minissérie “Chiquinha Gonzaga” e se apresentou no programa “Som Brasil”, em homenagem a Ivan Lins, da emissora global. No teatro, participou dos musicais Manoel, Audaz, Mulheres de Hollanda, Aldir Blanc e Um Cara Bacana.


A série Domingo no Museu

Tradicional no cenário cultural de Belo Horizonte e do estado, o Projeto Domingo Museu apresenta ao público ícones da música em um dos cartões postais da capital, o Museu de Arte da Pampulha (MAP). Patrocinado pelas empresas Hermes Pardini e Tecnocal, através das leis Municipal e Estadual de Incentivo à Cultura, o projeto já recebeu artistas como Alda Rezende, Paulo Bellinatti, Weber Lopes, Thiago Delegado, Paulo Freire e André Mehmari. A realização do Domingo no Museu no MAP consolidou o espaço como palco para atividades de lazer e cultura, proporcionando aos belo-horizontinos, um ambiente agradável com atrações de qualidade.


SERVIÇO:

Domingo no Museu – Paula Santoro, Mar do Meu MundoLocal: Museu de Arte da Pampulha (Av. Otacílo Negrão de Lima, 16585)Data: Dia 3 de março, às 11 horasIngressos à R$10 (inteira) – Renda revertida para a conservação do MAPLocais de venda: No Museu de Arte da Pampulha e na loja Acústica CD’s (Rua Fernandes Tourinho, 300) – A partir do dia 25/02/2013Informações: (31) 3277-7996