Galeria

11/12/2011

Marcos Frederico

Próximos Eventos

1
7
2
4
6
5
3
?1468001446

Domingo no Museu

Leva para o palco do Museu de Arte da Pampulha grandes nomes da música mineira e brasileira, como Paulo César Pinheiro, Sérgio Santos, Vânia Bastos, Teresa Cristina, Fabiana Cozza, Juarez Moreira, entre outros, mesclando MPB, samba e a musica instrumental. O Projeto acontece sempre no primeiro domingo do mês, às 11h00, no auditório do MAP com ingressos a preços populares.

Marcos Frederico 11/12/2011

64

DOMINGO NO MUSEU ENCERRARÁ O ANO AO SOM DO BANDOLIM

O projeto celebrará o final da temporada 2011 com o lançamento do álbum “Onze”, do bandolinista Marcos Frederico, no Museu de Arte da Pampulha

 

Para fechar o ano o Domingo no Museu, idealizado pela Veredas Produções apresentará o bandolinista Marcos Frederico. Na ocasião, o instrumentista lançará o segundo álbum de sua carreira intitulado Onze. Coincidência ou superstição, o disco é composto por 11 faixas autorais incluindo parcerias com Carlos Walter, Gabriel Guedes, Gustavo Maguá e Rômulo Marques. O show, inédito, será realizado no dia 11 de dezembro, às 11 horas, no Museu de Arte da Pampulha (MAP).

 

Para o instrumentista, a escolha do nome Onze para o segundo álbum da sua carreira tem a ver com espiritualidade e intuição. “O número onze sempre foi um número significativo para mim e  o ano de 2011 foi importante para a minha vida, com conquistas pessoais e profissionais. Essa foi uma forma de registrar uma época”, confirmou o músico. Os “onzes” não param por aí, já que o disco foi finalizado no dia 11 de julho de 2011, com 11 faixas autorais.

 

Nesse novo trabalho Marcos Frederico contou com importantes nomes da música popular brasileira, entre eles, Chico Amaral, Flávio Henrique, Thiago Delegado, Tatá Spalla, Humberto Junqueira, Aloizio Horta e Dudu Braga. No Museu o bandolinista subirá ao palco acompanhado pelos músicos Rafael Martini (piano e acordeon), Carlos Walter (violão), Felipe Bastos (bateria e percussão) e o convidado especial, Rômulo Marques (baixo).

 

As canções “Caleidoscópica” e “Esperando a Chuva”, presentes no CD, fizeram parte do repertório de Marcos Frederico na 11ª edição do Prêmio BDMG Instrumental. A primeira música é uma parceria com o violonista Carlos Walter, enquanto a outra é uma composição de Rômulo Marques e do bandolinista.

 

Conheça os músicos que se apresentarão no Domingo no Museu

 

Marcos Frederico

O bandolinista é sócio fundador e atual diretor cultural do Clube do Choro de Belo Horizonte. É integrante do grupo Siricotico e produtor musical em seu estúdio, Liquidificador. O músico também ministra aulas de violão na Soller Centro de Artes, em Nova Lima (MG). Participou de importantes eventos nacionais e internacionais como a Festa da Música, ao lado de Rômulo Marques e o cineasta francês Pierre Barouh; 3º Festival Instrumental de Guarulhos (SP); 8º Prêmio Nabor Pires Camargo Instrumentista, em Indaiatuba (SP); Show do Centenário de Godofredo Guedes, em Belo Horizonte (MG) e, Festival Musique Du Monde, em Paris. Em 2008  tocou com o grupo Belo Choro, na semana de Belo Horizonte em Buenos Aires. Com o grupo Siricotico, apresentou-se e ministrou workshops sobre música instrumental no Festival SESC Rio, nas cidades de Nova Friburgo, Petrópolis e Teresópolis. Produziu seu primeiro álbum em 2007, intitulado Sinuca Tropical, sendo lançado no Brasil e na França, com apoio do Clube do Choro de Paris. Assinou a trilha sonora para a campanha institucional da Vale do Rio Doce, em 2006, ganhando o primeiro lugar no concurso de jingles da rádio UFMG Educativa.  No V Prêmio BDMG Instrumental, o músico chegou ao final da seleção e, em sua décima primeira edição  foi um dos vencedores.

 

Rafael Martini

O compositor, arranjador, pianista e multi-instrumentista é bacharel em composição, pela Escola de Música da UFMG. Ganhou o primeiro lugar, como melhor arranjo, no 1º festival Instrumental de Guarulhos (SP). Atualmente estuda outros instrumentos musicais como viola caipira, acordeon e  vibrafone.

 

Carlos Walter

O violonista é fundador e membro dos grupos Duo Mel e 13 Cordas. Em 2008, integrou a delegação musical da I Semana de Belo Horizonte em Buenos Aires. No ano de 2010  participou do VI Festival de Choro de Paris, como concertista e professor convidado, sendo premiado pelo Programa de Intercâmbio e Difusão Cultural do Ministério da Cultura (MINC).

 

Rômulo Marques

O contrabaixista, arranjador e compositor foi integrante do grupo Frutos da Terra, ao lado de Beto Lopes e Néo Andrade. Em 1989, gravou o disco Baixo Acústico com Christian Gentet, líder de L’Orchestre de Contrebasses.

 

Felipe Bastos

O instrumentista dedica-se à graduação em percussão, na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). É integrante do grupo Siricotico, da BIG Band da UFMG, do grupo Rabo de Saia e Percussão, também da instituição federal.

 

O PROJETO DOMINGO NO MUSEU

 

O projeto musical Domingo no Museu é patrocinado pela Itaiquara, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. Seu objetivo é apresentar ao público músicas de qualidade em um dos cartões postais da capital, o MAP. Com a realização do programa no Museu, o local se concretizou como um espaço de lazer e cultura para todos os belo-horizontinos.

 

SERVIÇO:

Domingo no Museu – Marcos Frederico

Lançamento do CD Onze

Local: Museu de Arte da Pampulha (Av. Otacílo Negrão de Lima, 16585)

Data: Dia 11 de dezembro, às 11 horas

Ingressos à R$10 (inteira)

Locais de venda: No Museu de Arte da Pampulha e na loja Acústica CD’s (Rua Fernandes Tourinho, 300) – A partir do dia

Informações: (31) 3277-7996