Galeria

02/10/2011

Edu Krieger no Domingo no Museu

Próximos Eventos

1
2
7
4
6
5
3
?1468001446

Domingo no Museu

Leva para o palco do Museu de Arte da Pampulha grandes nomes da música mineira e brasileira, como Paulo César Pinheiro, Sérgio Santos, Vânia Bastos, Teresa Cristina, Fabiana Cozza, Juarez Moreira, entre outros, mesclando MPB, samba e a musica instrumental. O Projeto acontece sempre no primeiro domingo do mês, às 11h00, no auditório do MAP com ingressos a preços populares.

Edu Krieger no Domingo no Museu 02/10/2011

56

EDU KRIEGER NO DOMINGO NO MUSEU

 

O cantor, compositor e instrumentista carioca é a atração de outubro do projeto Domingo no Museu

 

No dia 02 de outubro, às 11 horas, Edu Krieger desembarca no Museu de Arte da Pampulha com sua música leve e consistente, esperta e bem humorada. Identificado com a nova geração do samba carioca, Edu tem dois ótimos discos lançados e uma trajetória respeitável.

 

O projeto é uma realização da Veredas Produções e conta com o patrocínio da Tecnocal através da Lei Estadual de Incentivo à  Cultura, sempre com o objetivo de apresentar boa música ao público que passou a utilizar cada vez mais o Museu como espaço de lazer e cultura.

 

Os ingressos custam R$ 10,00 e podem ser comprados no Museu e na loja Acústica CD´s a partir do dia 26/9, com a renda revertida para a conservação do Museu.

 

Filho do maestro Edino Krieger e autor de músicas gravadas por Aline Calixto, Maria Rita, Roberta Sá, Teresa Cristina, Pedro Luís e a Parede, Ara Ketu, Falamansa, Sururu na Roda, Rastapé, Trio Nordestino e Moyseis Marques , entre outros, Edu compôs trilhas para teatro e cinema e já acompanhou, como instrumentista, nomes como Sivuca, Alceu Valença, Elba Ramalho, Geraldo Azevedo, Nilze Carvalho e Fátima Guedes.

 

Criou trilhas sonoras para várias montagens teatrais dirigidas por nomes como Tim Rescala e Pedro Paulo Rangel. Sua trajetória profissional ganhou impulso em 1998, quando foi vencedor do Prêmio Shell de melhor música com as composições da peça "O Auto da Compadecida", de Ariano Suassuna, com direção de Antônio Abujamra.

 

Duas de suas canções foram incluídas em novelas da Rede Globo: "Como Plural", interpretada por Roberta de Recife em "Porto dos Milagres", e "Simplesmente Mulher", interpretada por Silvia Machete em "Caras e Bocas".

 

Seu primeiro CD, "Edu Krieger", lançado pela gravadora Biscoito Fino, foi indicado na categoria "Revelação" do prêmio Rival Petrobras de música em 2006, além de ganhar, em 2007, o troféu da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA) como "revelação da MPB".

 

O CD foi ainda relacionado entre os dez melhores do ano pela crítica especializada do jornal "O Globo" (RJ). O trabalho, produzido por Lucas Marcier (baixista da banda Brasov), conta com 14 músicas próprias, incluindo "Temporais", composta em parceria com Geraldo Azevedo, que faz participação especial.

 

Para o cinema, Edu Krieger compôs a canção original do longa-metragem "Mulheres Sexo Verdades Mentiras", de Euclydes Marinho. É também co-autor de músicas dos filmes "Feliz Natal" e "O Palhaço", dirigidos por Selton Mello, com produção musical de Plínio Profeta. Em parceria com Fernando Brant, Edu Krieger compôs a música "Tancredo, a Travessia", interpretada por Fagner, tema do documentário sobre "Tancredo Neves" dirigido por Silvio Tendler.

 

No carnaval de 2009, ele foi campeão do quarto Concurso Nacional de Marchinhas da Fundição Progresso e conquistou o Troféu Carmem Miranda com a canção "Bendita Baderna", eleita a preferida do público em votação nacional, promovida pelo "Fantástico", da Rede Globo. O concurso teve 843 marchinhas inscritas.

 

"Correnteza", lançado em 2009 pela Biscoito Fino, é o nome do segundo CD de Edu Krieger. O trabalho tem produção musical de Lucas Marcier e tem participações de mestres como João Donato (piano) e Rildo Hora (gaita).

 

Em 2010, Edu Krieger,  Oscar Niemeyer e seu enfermeiro Caio Almeida compuseram o samba "Tranquilo com a Vida". A parceria com o lendário arquiteto foi lançada na internet pela gravadora Deckdisc e obteve ampla repercussão na imprensa nacional e internacional.

 

No carnaval de 2011, Edu Krieger conquistou o bicampeonato da sexta edição do concurso com "Nossa Fantasia", que disputou com 947 concorrentes.

 

A canção ganhou por votação popular, promovida pelo "Fantástico", da Rede Globo, conquistando o Troféu João de Barro. Ainda no carnaval deste ano, Edu Krieger comandou o bloco "Feitiço do Villa", criado em homenagem a Villa-Lobos, para o qual compôs o samba em parceria com seu pai, o maestro Edino Krieger.

 

 

SERVIÇO:

Domingo no Museu

EDU KRIEGER

Museu de Arte da Pampulha (Av. Otacílio Negrão de Lima, 16585)

Dia 2 de outubro – domingo  -  11 horas

Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia-entrada)

Ingressos a venda no Museu e na loja Acústica CD´s – Rua Fernandes Tourinho nº 300 a partir de 26/9

Informações: 3277 7996