Galeria

09/09/2011

Trio Corrente recebe Mike Stern

Próximos Eventos

1
2
7
4
6
5
3
?1468001446

BH Instrumental

Nos anos 1997/98 a VEREDAS realizou com muito sucesso de público e crítica a “Série Instrumental”, projeto que trouxe pela primeira vez a Belo Horizonte grandes nomes do jazz como John Anderson, Paquito D´Rivera, Gonzalo Rubalcaba, Mike Stern, Joe Zawinul, e também grandes nomes da Música Instrumental Brasileira como Paulo Moura, Zimbo Trio, Guinga, Gilson Peranzzetta, César Camargo Mariano e Romero Lubambo e abriu espaço para grandes músicos mineiros como Juarez Moreira, Toninho Horta, Wagner Tiso, Chiquito Braga e muitos outros mais.
Em 2008, a “Série Instrumental” retornou ao cenário musical da cidade trazendo uma série de 9 espetáculos, sendo 4 no Teatro do Sesiminas – (BANDA MANTIQUEIRA, LEO GANDELMAN, RENATO BORGHETTI e BARBATUQUES), 2 do Grande Teatro do Palácio das Artes (JOBIM JAZZ e WAGNER TISO) e um espetáculo ao ar livre na Praça Marechal Floriano (CHICO AMARAL, JUAREZ MOREIRA E NIVALDO ORNELAS).
A cada edição foi oferecido um workshop gratuito aos músicos e estudantes de música da Grande Belo Horizonte e um ensaio aberto para estudantes da rede pública.
A partir de 2011, a Série Instrumental traz a “ SÉRIE BH INSTRUMENTAL”, com espetáculos na Praça Floriano Peixoto.
O projeto busca assim divulgar a música instrumental trazendo ao palco grandes instrumentistas com o objetivo de formar público para música e popularizar o acesso a espetáculos de qualidade desenvolvendo assim a consciência crítica dos cidadãos. Apoio Institucional: Instituto UNIMED-BH, com os benefícios da Lei Federal de Incentivo à Cultura através de doações de pessoas físicas.

Trio Corrente recebe Mike Stern 09/09/2011

54

 

TRIO CORRENTE RECEBE MIKE STERN NA SÉRIE BH INSTRUMENTAL
A Série BH Instrumental apresenta, juntamente com o MINC, na sexta-feira dia 9 de setembro, às 20 horas na Praça Floriano Peixoto, o TRIO CORRENTE, com participação especialíssima do guitarrista americano MIKE STERN.
O projeto, que traz ao público mineiro concertos públicos e gratuitos com instrumentistas de primeira linha, acontece mensalmente alternando o endereço entre as praças Floriano Peixoto e Praça da Saúde.
A Série BH Instrumental é uma realização da Veredas Produções em parceria com o Instituto Unimed-BH, através de doações de pessoas físicas e conta com o apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, fazendo parte do Circuito UNIMED-BH.
Formado por FABIO TORRES (piano) , PAULO PAULELLI(baixo) e EDU RIBEIRO (bateria), o TRIO CORRENTE tem apenas seis anos de vida e dois discos, mas já alcançou prestígio internacional. O grupo, que acaba de lançar o CD “Volume Dois”, já fez shows com nomes como Paquito D´Rivera, Anthony Wilson (guitarrista de Diana Krall), Hamilton de Holanda, Joyce e muitos outros, além de ter um projeto especial com a cantora Stacey Kent para a associação TUCCA.
Virtuosismo, sutileza e repertório impecável são algumas das características da música do trio, naturalmente comparado aos históricos Zimbo Trio e Tamba Trio, pelo alto nível técnico e performances cheias de energia.
No repertório, standards brasileiros como “O Bem e o Mar” (Dorival Caymmi), “Deixa” (Baden Powell e Vinícius), “Lamento” (Pixinguinha) e “”Garota de Ipanema” (Tom e Vinícius), além de temas próprios, como “Venezuelana”(Fábio Torres), “Alecrim”(Paulo pauliellli) e “O Guarani da Palhoça” (Edu Ribeiro).
O grupo admite influências de Cesar Camargo Mariano, Luizão Maia e Paulo Braga, quando acompanhavam Elis Regina na década de 70, e Herbie Hancock, Ron Carter e Tony Williams como acompanhantes de Miles Davis na década de 60.
“Talvez almejemos reunir mundos aparentemente contraditórios como, de um lado, a síntese, a concisão da canção brasileira e, de outro, a prolixidade benigna do jazz e do choro. A busca da beleza simétrica e perfeita das melodias e harmonias de Jobim e o experimentalismo e a liberdade de Hermeto e Coltrane” diz o trio Corrente. 
MIKE STERN
O americano MIKE STERN é um dos mais respeitados guitarristas do jazz fusion. Com três décadas de uma carreira bem sucedida, ele tem uma discografia ampla e variada, com 14 Cds e seis indicações para o Grammy.
Michael Brecker, Ron Carter, Steps Ahead, John Patitucci, Geroeg Coleman e Bela Fleck são alguns dos músicos que já contaram com STERN em palcos e estúdios.
INSTITUTO UNIMED
O Instituto Unimed-BH é uma instituição sem fins lucrativos, criada em 2003, que tem como missão conduzir o programa de Responsabilidade Social da Unimed-BH, contribuindo para a melhoria consciente e continuada da qualidade de vida das comunidades onde ela atua.
Como o referencial adotado é a promoção de vidas saudáveis, os projetos do Instituto têm na saúde sua área prioritária de intervenções, mas mantêm interface com outros campos, como a educação, cultura, lazer e capacitação profissional. Além de sua atuação social, o Instituto Unimed-BH busca fortalecer a cultura em Minas Gerais, apoiando projetos artísticos, através de seu programa de incentivo, amparado na Lei Rouanet. 
CIRCUITO UNIMED-BH
O Circuito, realizado pelo Instituto Unimed-BH, é um ciclo especial de atrações gratuitas que tem como objetivo envolver a comunidade, incentivando a promoção da saúde e a melhoria da qualidade de vida, através da realização de atividades físicas, de lazer e cultura.
A experiência bem sucedida vem beneficiando desde novembro de 2010, na Praça Floriano Peixoto mais de 3.000 pessoas que participaram de aulas de Tai Chi Chuan, caminhada orientada e atrações culturais. 
Em 2011, o Circuito Unimed-BH retorna com sua programação nos dois espaços adotados pela Cooperativa, Praça da Saúde e Floriano Peixoto, com atividades culturais mensais, até o final do ano.
PROJETO SÉRIE BH INSTRUMENTAL APRESENTA TRIO CORRENTE CONVIDA MIKE STERN
Praça Florinao Peixoto -  Dia  9 de setembro – sexta –feira  às 20  horas
Informações- 3222 5271 
Apoio Institucional: Instituto Unimed BH
Entrada Franca

 

TRIO CORRENTE RECEBE MIKE STERN NA SÉRIE BH INSTRUMENTAL

A Série BH Instrumental apresenta, juntamente com o MINC, na sexta-feira dia 9 de setembro, às 20 horas na Praça Floriano Peixoto, o TRIO CORRENTE, com participação especialíssima do guitarrista americano MIKE STERN.

O projeto, que traz ao público mineiro concertos públicos e gratuitos com instrumentistas de primeira linha, acontece mensalmente alternando o endereço entre as praças Floriano Peixoto e Praça da Saúde.

A Série BH Instrumental é uma realização da Veredas Produções em parceria com o Instituto Unimed-BH, através de doações de pessoas físicas e conta com o apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, fazendo parte do Circuito UNIMED-BH.

Formado por FABIO TORRES (piano) , PAULO PAULELLI(baixo) e EDU RIBEIRO (bateria), o TRIO CORRENTE tem apenas seis anos de vida e dois discos, mas já alcançou prestígio internacional. O grupo, que acaba de lançar o CD “Volume Dois”, já fez shows com nomes como Paquito D´Rivera, Anthony Wilson (guitarrista de Diana Krall), Hamilton de Holanda, Joyce e muitos outros, além de ter um projeto especial com a cantora Stacey Kent para a associação TUCCA.

Virtuosismo, sutileza e repertório impecável são algumas das características da música do trio, naturalmente comparado aos históricos Zimbo Trio e Tamba Trio, pelo alto nível técnico e performances cheias de energia.

No repertório, standards brasileiros como “O Bem e o Mar” (Dorival Caymmi), “Deixa” (Baden Powell e Vinícius), “Lamento” (Pixinguinha) e “”Garota de Ipanema” (Tom e Vinícius), além de temas próprios, como “Venezuelana”(Fábio Torres), “Alecrim”(Paulo pauliellli) e “O Guarani da Palhoça” (Edu Ribeiro).

O grupo admite influências de Cesar Camargo Mariano, Luizão Maia e Paulo Braga, quando acompanhavam Elis Regina na década de 70, e Herbie Hancock, Ron Carter e Tony Williams como acompanhantes de Miles Davis na década de 60.
“Talvez almejemos reunir mundos aparentemente contraditórios como, de um lado, a síntese, a concisão da canção brasileira e, de outro, a prolixidade benigna do jazz e do choro. A busca da beleza simétrica e perfeita das melodias e harmonias de Jobim e o experimentalismo e a liberdade de Hermeto e Coltrane” diz o trio Corrente. 

MIKE STERN
O americano MIKE STERN é um dos mais respeitados guitarristas do jazz fusion. Com três décadas de uma carreira bem sucedida, ele tem uma discografia ampla e variada, com 14 Cds e seis indicações para o Grammy.
Michael Brecker, Ron Carter, Steps Ahead, John Patitucci, Geroeg Coleman e Bela Fleck são alguns dos músicos que já contaram com STERN em palcos e estúdios.

INSTITUTO UNIMED
O Instituto Unimed-BH é uma instituição sem fins lucrativos, criada em 2003, que tem como missão conduzir o programa de Responsabilidade Social da Unimed-BH, contribuindo para a melhoria consciente e continuada da qualidade de vida das comunidades onde ela atua.Como o referencial adotado é a promoção de vidas saudáveis, os projetos do Instituto têm na saúde sua área prioritária de intervenções, mas mantêm interface com outros campos, como a educação, cultura, lazer e capacitação profissional. Além de sua atuação social, o Instituto Unimed-BH busca fortalecer a cultura em Minas Gerais, apoiando projetos artísticos, através de seu programa de incentivo, amparado na Lei Rouanet. 

CIRCUITO UNIMED-BH
O Circuito, realizado pelo Instituto Unimed-BH, é um ciclo especial de atrações gratuitas que tem como objetivo envolver a comunidade, incentivando a promoção da saúde e a melhoria da qualidade de vida, através da realização de atividades físicas, de lazer e cultura.A experiência bem sucedida vem beneficiando desde novembro de 2010, na Praça Floriano Peixoto mais de 3.000 pessoas que participaram de aulas de Tai Chi Chuan, caminhada orientada e atrações culturais. 
Em 2011, o Circuito Unimed-BH retorna com sua programação nos dois espaços adotados pela Cooperativa, Praça da Saúde e Floriano Peixoto, com atividades culturais mensais, até o final do ano.

PROJETO SÉRIE BH INSTRUMENTAL APRESENTA TRIO CORRENTE CONVIDA MIKE STERN

Praça Florinao Peixoto -  Dia  9 de setembro – sexta –feira  às 20  horas

Informações- 3222 5271 

Apoio Institucional: Instituto Unimed BH

Entrada Franca