Galeria

22/09/2010

Benjamim Taubkin

Próximos Eventos

1
2
7
4
6
5
3
?1468001446

Música no Museu

No Museu de Arte da Pampulha, está no seu nono ano de sucesso, sempre com o objetivo de apresentar música de qualidade ao público que passou a utilizar cada vez mais o MAP como espaço de lazer e cultura. O projeto, que acontece sempre uma quarta-feira por mês, é atualmente exclusivamente instrumental e nele já se apresentaram grandes instrumentistas nacionais e internacionais tais como Dave Holland, Joshua Redman, Itiberê Orquestra Família, Chico Pinheiro e Anthony Wilson, Paulo Moura, Altamiro Carrilho, Gilson Peranzzetta, Egberto Gismonti, Guinga, Zé da Velha e Silvério Pontes, Weber Lopes e muitos outros mais.

Benjamim Taubkin 22/09/2010

31

PROJETO BRASIL MARROCOS
Benjamim Taubkin comanda grupo no “Música no Museu”


Se uma experiência merece a real classificação de world music, no sentido de música do mundo, é o projeto “BRASIL MARROCOS - O CAMINHO DE IDA E VOLTA”, que será apresentado aos mineiros no dia 22, quarta-feira, às 21 horas, no Museu de Arte da Pampulha, dentro do projeto Música no Museu.

Os ingressos custam R$ 10,00 e podem ser adquiridos no próprio MAP ou na loja CD Plus (Rua Paraíba, 1399, Savassi). A renda é revertida para a conservação do Museu.

O projeto Música no Museu da Pampulha é uma realização da Veredas Produções e conta com o Apoio Institucional do Instituto Unimed BH através da Lei Federal de  Incentivo à  Cultura e está no 10º ano de sucesso, sempre com o objetivo de apresentar a boa música ao público que passou a utilizar cada vez mais o Museu como espaço de lazer e cultura.

O pianista, produtor e arranjador Benjamim Taubkin, o percussionista Ari Colares, o baixista João Taubkin e o acordeonista Lula Alencar se juntam aos marroquinos Lahoucine Bagir (percussão), Farid El Foulahi (oud), Mehdi Nassouli (gambri/baixo) e Rachid Zeroual (flauta) para compor um grupo em que a ponte oriente/ocidente cria diálogos eletrizantes e originais.

A idéia surgiu no ano passado, quando os brasileiros foram ao Marrocos, convidados para uma apresentação no Festival Timitar, em Agadir. Taubkin propôs um projeto de residência e convivência com os músicos locais. Brahim el Mazned, diretor do festival, não só gostou da sugestão, como indicou músicos que garantissem diversidade, com diferentes origens e histórias.

Lahoucine e Farid são berbers, que é o povo considerado como original do Marrocos; Mehdi é Gnawa, que vem da África Subsaariana e Rachid é árabe, representando a cultura que chegou ao país no século VII.

O encontro foi fácil, criativo e aconteceu com naturalidade. O concerto em Agadir foi bem recebido por público e crítica.

E agora os mineiros vão poder assistir, ao vivo, a esse encontro inusitado, com altas doses de competência técnica e fluência musical. 

 

MÚSICA NO MUSEU DA PAMPULHA
“BRASIL MARROCOS – O CAMINHO DE IDA E VOLTA”
Benjamim Taubkin, Ari Colares, João Taubkin, Lula Alencar, Lahoucine Bagir, Farid El Foulahi, Mehdi Nassouli e Rachid Zeroual

Museu de Arte da Pampulha (Av. Otacílio Negrão de Lima, 16585)
Dia 22 de setembro - quarta-feira
21:00 horas
Ingressos: R$ 10,00 (dez reais)
Ingressos à venda no MAP e loja CD Plus (Rua Paraíba, 1399, Savassi - Tel- 32878957)
Informações- 3277 7996
Apoio Institucional: Instituto Unimed BH