Próximos Eventos

1
2
7
4
6
5
3
?1468001446

BH Instrumental

Nos anos 1997/98 a VEREDAS realizou com muito sucesso de público e crítica a “Série Instrumental”, projeto que trouxe pela primeira vez a Belo Horizonte grandes nomes do jazz como John Anderson, Paquito D´Rivera, Gonzalo Rubalcaba, Mike Stern, Joe Zawinul, e também grandes nomes da Música Instrumental Brasileira como Paulo Moura, Zimbo Trio, Guinga, Gilson Peranzzetta, César Camargo Mariano e Romero Lubambo e abriu espaço para grandes músicos mineiros como Juarez Moreira, Toninho Horta, Wagner Tiso, Chiquito Braga e muitos outros mais.
Em 2008, a “Série Instrumental” retornou ao cenário musical da cidade trazendo uma série de 9 espetáculos, sendo 4 no Teatro do Sesiminas – (BANDA MANTIQUEIRA, LEO GANDELMAN, RENATO BORGHETTI e BARBATUQUES), 2 do Grande Teatro do Palácio das Artes (JOBIM JAZZ e WAGNER TISO) e um espetáculo ao ar livre na Praça Marechal Floriano (CHICO AMARAL, JUAREZ MOREIRA E NIVALDO ORNELAS).
A cada edição foi oferecido um workshop gratuito aos músicos e estudantes de música da Grande Belo Horizonte e um ensaio aberto para estudantes da rede pública.
A partir de 2011, a Série Instrumental traz a “ SÉRIE BH INSTRUMENTAL”, com espetáculos na Praça Floriano Peixoto.
O projeto busca assim divulgar a música instrumental trazendo ao palco grandes instrumentistas com o objetivo de formar público para música e popularizar o acesso a espetáculos de qualidade desenvolvendo assim a consciência crítica dos cidadãos. Apoio Institucional: Instituto UNIMED-BH, com os benefícios da Lei Federal de Incentivo à Cultura através de doações de pessoas físicas.

Arthur Moreira Lima 24/04/2010

23

Arthur Moreira Lima, o maior pianista do Brasil em Belo Horizonte

No dia 24 de abril, às 21 horas o projeto Série BH Instrumental traz ao palco do Grande Teatro do Palácio das Artes o pianista Arthur Moreira Lima, em única apresentação.

A Série BH Instrumental é uma realização da Veredas Produções com o apoio institucional do Instituto Unimed-BH através de doações de pessoas físicas e conta com o apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Considerado uma das mais importantes personalidades da nossa cultura, Arthur Moreira Lima projetou-se internacionalmente no Concurso Chopin de Varsóvia. Laureou-se também nos Concursos de Leeds (Inglaterra) e Tchaikovsky (Moscou). Desde então, Moreira Lima tem feito turnês em todos os continentes, lotando as principais salas de concertos do mundo.

Entre as orquestras e os regentes famosos com quem já se apresentou, estão as Filarmônicas de Leningrado, Moscou, Varsóvia, Sinfônicas de Berlim, Viena, Praga, BBC de Londres, National da França, sob a direção de Kurt Sanderling, KiriIl Kondrashin, Mariss Jansons, Serge Baudo, Jesus Lopez-Cobos, Sir Charles Groves, Vladimir Fedosseyev, Rudolf Barshai.

Nascido no Rio de Janeiro, Arthur Moreira Lima começou a estudar piano aos seis anos, e já aos nove tocava um concerto de Mozart com a Orquestra Sinfônica Brasileira. Seus mestres foram Lúcia Branco (Rio de Janeiro), Marguerite Long (Paris) e Rudolf Kehrer (Conservatório Tchaikovsky de Moscou).

Em seu trabalho de resgate e difusão das raízes culturais brasileiras, Arthur Moreira Lima foi solista da primeira audição do Concerto n. 1 de Villa-Lobos no Japão, Rússia, Áustria e Alemanha. Foi também o pianista que fez reviver a obra de Ernesto Nazareth.

Por seu trabalho discográfico no Brasil, recebeu por duas vezes consecutivas o Prêmio Sharp (1989 e 1990). Nos Estados Unidos, seu CD da obra de Ernesto Nazareth foi incluído na lista das melhores gravações do ano da Stereo Review Magazine. Um CD de Chopin Favourites lançado no Japão pela Nippon Columbia continua como um dos best-sellers da companhia.

Sua permanente inquietação e a valorização que dá à nossa cultura, fazem de Arthur Moreira Lima o mais popular, versátil e completo dos intérpretes clássicos brasileiros.


PROJETO

O Projeto Série BH Instrumental é o nome que a já conhecida Série Instrumental passou a assumir em 2009. A mudança não afeta a essência do projeto, que, realizado nos anos de 1997, 1998 e 2008, pela Veredas Produções, já trouxe a Belo Horizonte um rol extenso de importantes artistas que se dedicam à música instrumental, em shows de altíssima qualidade, com completa infra-estrutura e ingressos acessíveis.


INSTITUTO UNIMED-BH

O Instituto Unimed-BH é uma instituição sem fins lucrativos, criada em 2003, que tem como missão conduzir o programa de Responsabilidade Social da Unimed-BH, contribuindo para a melhoria consciente e continuada da qualidade de vida das comunidades onde ela atua.

Como o referencial adotado é a promoção de vidas saudáveis, os projetos do Instituto têm na saúde sua área prioritária de intervenções, mas mantêm interface com outros campos, como a educação, cultura, lazer e capacitação profissional. Além de sua atuação social, o Instituto Unimed-BH busca fortalecer a cultura em Minas Gerais, apoiando projetos artísticos, através de seu programa de incentivo, amparado na Lei Rouanet.


PROJETO SÉRIE BH INSTRUMENTAL

Arthur Moreira Lima
Grande Teatro do Palácio das Artes (av. Afonso Pena, 1.537, centro)
Dia 24  de abril, às 21h
Ingressos: R$ 30,00 e R$ 15,00 (meia-entrada)
Maiores Informações- 3236 7300