Próximos Eventos

1
2
7
4
6
5
3
?1468001446

Outros Projetos

Entre os trabalhos realizados pela empresa, destacam-se:

2000 a 2011 - Projeto "Música no Museu da Pampulha" no Museu de Arte da Pampulha;
2003 a 2011 – Projeto “Domingo no Museu” no Museu de Arte da Pampulha;
1997 e 1998 / 2007 a 2011 - “Série Instrumental” - apresentando Paulo Moura, Juarez Moreira, Wagner Tiso, Leo Gandelman, Zimbo Trio, Paquito D`Rivera, Mike Stern, César Camargo Mariano, Guinga, Nenê, Nelson Freire; Afrosambajazz, Barbatuques, Renato Borguetti, Violões de Minas, Carlos Malta e Pife Muderno, Arthur Moreira Lima, Célio Balona.
2007 a 2011 - "Festa da Música" que trouxe 50 atrações musicais gratuitas em praças e teatros de Belo Horizonte, atingido um público aproximado de 100 mil pessoas por edição;
2006 – Produção executiva do Ciclo de Palestras “O Esquecimento da Política”.
2002 a 2009 - Projeto “2 Tempos” no Museu Histórico Abílio Barreto;
2002 e 2003 – “Seminário de Marketing Cultural” na cidade de Goiânia;
1999 - Divulgação e Assessoria de Imprensa de diversos shows, entre eles Djavan, Zizi Possi, Deep Purple, Credende Clearwater Revival;
1996 e 1997 - I° e II° Seminário de Ritmos Brasileiros em Belo Horizonte e Ouro Preto.
1998 e 2007: “Encontros Musicais” com César Camargo Mariano, Paulo Moura, Guinga, João Donato, Naná Vasconcelos, Juarez Moreira, Gilson Peranzzetta e Nenê”, “Concerto da Harmonia” com Nelson Freire.
Outros artistas produzidos pela empresa: Duo Assad, Hermeto Pascoal, Egberto Gismonti, Madredeus, Sérgio Santos, Bill Evans, O Mistério das Vozes Búlgaras, Joe Anderson, Joe Zawinul Syndicate, Betty Carter, Olívia Byngton, Zé Miquel Wisnik, Paulo Bellinati, Pau Brasil, Nelson Ayres, Rosa Passos, Ná Ozzetti, Quinteto Villa Lobos, Um Sopro de Brasil, Violões do Brasil, Mônica Salmaso, Antonio Meneses, entre outros.


Parceiros
Com alto índice de retorno institucional, os projetos da VEREDAS PRODUÇÕES estão em conformidade com a legislação em vigor.
Confira alguns patrocinadores que apóiam e apoiaram nossos projetos.

• UNIMED – BH
• TECNOCAL
• EMIVE
• Vox Populi
• Telemig
• Grupo Adservis
• Racimec Informática Brasileira S/A
• Prosegur Transportadora de Valores Segurança
• Informática Progresso Ltda.
• Origin C&P Services Brasil Participações Ltda.
• Vitae Serviços Assistenciais S/C Ltda.
• Microcity Computadores e Sistemas Ltda.
• Hospital Vera Cruz
• Tecar Automóveis
• Hospital Socor S/A
• Instituto Pitágoras de Educação Sociedade Ltda.
• Opção Serviços Gerais Ltda.
• Central Beton
• Refrigerantes Minas Gerais
• Rede Promenade
• Acesita
• Líder Táxi Aéreo
• Banco Itaú
• MG Informática
• MSA Tecnologia da Informação
• Banco Bonsucesso
• Garra Veículos
• Audi Carbel
• Strada Fiat
• Gerdau Açominas
• Hermes Pardini
• Líder Aviação
• Scalla Gráfica
• Instituto Cidadania Unimed BH
• Royal Golden Hotel
• Casa dos Contos
• Natura

Toca de Tatu no lançamento do CD Afinidade, será outros projetos da Veredas. 28/05/2017

178

Afinidade é o novo CD do grupo instrumental Toca de Tatu

Neste segundo trabalho, o Toca de Tatu ressalta suas referências, influências, compositores e instrumentistas que têm identificação e sintonia com o grupo formado por jovens instrumentistas mineiros

O que é afinidade? Sintonia, simpatia, encontro de identidades ou personalidades semelhantes entre pessoas que possuem ideias e gostos que se aproximam. Inspirado neste sentimento, o Toca de Tatu lançará o seu segundo CD, Afinidade, dia 28 de maio, às 11h, no Museu de Arte da Pampulha (MAP). Acesso gratuito.

O título Afinidade, nome de uma das faixas do disco, representa a sintonia musical entre os integrantes do grupo, que compartilham além da formação musical, o gosto pela pesquisa sobre música brasileira e a divulgação da música pelo país. A dedicação à música também se estende  a outros colegas, cujas produções como compositores, instrumentistas e arranjadores são reverenciadas neste trabalho instrumental.

No repertório, obras de músicos mineiros que contemplam diferentes gerações e estilos musicais, reforçando a riqueza da música instrumental produzida no estado. Entre os nomes estão Juarez Moreira, Célio Balona, Sérgio Santos, Tabajara Belo, Rafael Martini, Thiago Delegado, Leo Eymard e os jovens integrantes do Toca de Tatu.

Das doze faixas no disco, cinco são inéditas, compostas especialmente para este trabalho. Os arranjos foram elaborados pelos integrantes do grupo e pelos músicos Jayme Vignolli, Sérgio Santos e Rafael Martini.

Além da formação oficial do quarteto, Abel Borges (percussão), Lucas Telles (violão 7 cordas), Lucas Ladeia (cavaquinho) e Luísa Mitre (piano), a gravação do CD contou com a participação de Nivaldo Ornelas, Kiko Mitre, Natalia Mitre, Bruno Vellozo e Sérgio Santos. A parte gráfica do disco ficou à cargo da consagrada artista plástica Leonora Weissmann.

O primeiro trabalho do Toca de Tatu, lançado em 2013, Meu amigo Radamés, marcou o início da caminhada deste jovem grupo que tem como referência primária o choro, mas que explora outros gêneros da música popular brasileira. Um dos diferenciais do quarteto é a influência da música de câmara de concerto que se funde a brasilidade da música popular, construindo uma sonoridade original.

O grupo foi vencedor do II Concurso Instrumental Estúdio 66, em 2013, e ficou em 2º lugar no Festival de Choro Jorge Assad, em 2014. Já se apresentou ao lado de Zé Nogueira, Cristóvão Bastos, Eduardo Neves, Nailor Proveta e Toninho Carrasqueira. Realizou duas turnês pela Europa, com shows, oficinas e workshops sobre o choro e a música brasileira, com destaque para o Rencontres Internationales de La Guitare, na França, e o Festival de Choro de Paris.

Conheça os integrantes

Abel Borges é músico percussionista. Iniciou na área musical aos dez anos de idade, cursando Teoria Musical e Piano pela UEMG. É ex-aluno dos percussionistas Sérgio Aluotto, Werner Silva, Daniel Lemos e do mestre percussionista cubano Santiago Heiter. Integrou o Grupo de Choro e o de Percussão do CEFAR, a Big Band e a Banda Sinfônica da UEMG, além de trabalhar junto ao Ballet Jovem do Palácio das Artes. Acompanhou músicos e bandas como Marku Ribas, Tino Gomes, Alexandre Az, Mauro Chantal, Alzier Vinícius, Silvinho, Zimun, Waldir Silva, Toninho Carrasqueira, Nailor Proveta, Luís Barcelos, Serginho Beagá, entre outros.

Luísa Mitre é pianista, bacharel em piano pelo curso de Música Popular da UFMG.  Foi vencedora do primeiro concurso "Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais", promovido pela OSMG em 2010, onde obteve como premiação a apresentação de um concerto junto a esta orquestra no Grande Teatro do Palácio das Artes. Foi também vencedora dos concursos “Jovem Músico BDMG”, em 2003 e 2005; “Jovem Instrumentista BDMG”, em 2013, e “Segunda Musical”, nas edições de 2005 e 2006. Integrou a Big Band do Palácio das Artes de 2008 a 2010, e a Geraes Big Band (UFMG), de 2011 a 2013. Atua como pianista em shows e gravações de artistas como Trio Amaranto, Lígia Jacques, Waldir Silva, Dado Prates, Thelmo Lins, Wagner Cosse, Ana Cristina, Coletivo ANA, entre outros. Dedica-se também a seu trabalho como pianista solo, em duo com o violonista Lucas Telles, além de integrar o trio formado com Natália Mitre (bateria) e Kiko Mitre (baixo).

 

Lucas Telles é violonista, compositor, arranjador e diretor musical. Bacharel em violão pela UFMG, participou de oficinas e festivais com Alessandro Penezi, Rogério Caetano, Ulisses Rocha, Toninho Horta, Hélio Delmiro, entre outros. Teve seu talento reconhecido em diversas premiações como “XIII Prêmio BDMG Instrumental” e “Música Independente”, em 2013. Classificou-se em 3º lugar no primeiro concurso de composição do “Festival Choro Novo” em 2012, e foi selecionado pelo “Jovem Instrumentista BDMG” em 2011 e “Jovem Músico BDMG” em 2009. Como violonista, arranjador e compositor, integrou diversos grupos de música instrumental brasileira. Já trabalhou e dividiu palco com músicos como Marku Ribas, Toninho Carrasqueira, Nailor Proveta, Zé Nogueira, Waldir Silva, Rogério Caetano, Luís Barcelos, Serginho Beagá e Ausier Vinícius. Lucas também dedica-se a seu trabalho como violonista solo.

 

Lucas Ladeia é cavaquinista, licenciado em música pela UFMG. Estudou cavaquinho com Dudu Braga, Jayme Vignoli e Luciana Rabello. Em 2011, foi selecionado pelo “Jovem Instrumentista BDMG” e finalista do “Festival Choro Novo”. Lucas também integra o Assanhado Quarteto além de acompanhar músicos como Waldir Silva, Marku Ribas, Toninho Carrasqueira, Nailor Proveta, Lucas Telles, Luísa Mitre, Grupo Choro Nosso, Mauro Zockratto, Serginho Beagá entre outros.

 

Serviço

Toca de Tatu lança o CD Afinidade

Dia 28 de maio, às 11h

Museu de Arte da Pampulha – MAP – Av. Dr. Otacílio Negrão de Lima, 16.585

Acesso gratuito limitado a capacidade máxima do auditório

Retirada de senhas na bilheteria do museu no dia do evento, a partir das 10h

Informações: www.tocadetatu.com.br – (31) 3222-5271 / 3277-7996

 

Este projeto é realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte. Fundação Municipal de Cultura.

 

Assessoria de imprensa – Beth Santos – 31 99123 8000 – gentileza não divulgar o número