Próximos Eventos

1
2
7
4
6
5
3
?1468001446

Música no Museu

No Museu de Arte da Pampulha, está no seu nono ano de sucesso, sempre com o objetivo de apresentar música de qualidade ao público que passou a utilizar cada vez mais o MAP como espaço de lazer e cultura. O projeto, que acontece sempre uma quarta-feira por mês, é atualmente exclusivamente instrumental e nele já se apresentaram grandes instrumentistas nacionais e internacionais tais como Dave Holland, Joshua Redman, Itiberê Orquestra Família, Chico Pinheiro e Anthony Wilson, Paulo Moura, Altamiro Carrilho, Gilson Peranzzetta, Egberto Gismonti, Guinga, Zé da Velha e Silvério Pontes, Weber Lopes e muitos outros mais.

Guinga e Paulo Sérgio Santos 16/09/2009

13

Guinga celebra cumplicidade com Paulo Sérgio Santos
Duo lança "Saudade do Cordão" no  Música no Museu

“Ao ouvir Guinga e Paulo Sérgio Santos  em Saudade do Cordão, impossível não ser tomado por outra dúvida: será mesmo que são apenas sete as notas musicais? Com um universo sem limitações, suas criações não respeitam contorno. Para eles, dós, rés, mis, fás, sois, lás e sis são trampolins dos quais se valem para mergulhar na profundeza de seus talentos”. Aquiles Reis – músico e vocalista do MPB4.

O projeto Música no Museu apresenta  o duo Guinga e Paulo Sérgio Santos, no show de lançamento de um dos melhores discos do ano: "Saudade do Cordão".

A única apresentação será no dia 16 de setembro, às 21 horas, no Museu de Arte da Pampulha (Av. Otacílio Negrão de Lima, 16585).

Os ingressos custam R$ 10,00 e podem ser adquiridos no próprio MAP ou na loja CD Plus (Rua Paraíba, 1399, Savassi). A renda é revertida para a conservação do Museu.

O projeto Música no Museu é uma realização da Veredas Produções , atualmente patrocinado pelo  Laboratório Hermes Pardini  através da Lei Municipal de  Incentivo à  Cultura e está no 9º ano de sucesso, sempre com o objetivo de apresentar a boa música ao público que passou a utilizar cada vez mais o Museu como espaço de lazer e cultura.

Um dos maiores compositores brasileiros, na opinião de craques como Chico Buarque e Tom Jobim, o carioca Guinga é também um estilista do violão.

Ao seu lado está Paulo Sérgio Santos, um elogiado instrumentista da família dos sopros.
No repertório, alguns dos melhores temas de Guinga, como "Cine Baronesa", "Por Trás de Brás de Pina", "Saci" e “Cheio de Dedos”, em arranjos intimistas, que servem de ponto de partida para interpretações impecáveis e inspiradas.

A história da música brasileira conta que os dois músicos foram apresentados um ao outro por Raphael Rabello em uma festa no Jardim Botânico no Rio de Janeiro há quase vinte anos.

Paulo já conhecia a música  de Guinga  nas vozes de Elis Regina e MPB-4. Guinga, por sua vez, apreciava o trabalho de Paulo  no Quinteto Villa-Lobos e em suas atuações como solista, em duo com Rabello e como integrante da Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

Tocaram juntos pela primeira vez na casa Rui Barbosa, no Rio, e fizeram inúmeras apresentações pelo Brasil e pelo exterior.

O principal objetivo deste disco, também lançado em DVD, foi o registro deste encontro. Sem preocupação com as lógicas de mercado e completamente avesso a modismos, este disco conta uma historia absolutamente relacionada com o "cotidiano musical e artístico" originado dessas atividades em shows.

Neste trabalho estão as idéias musicais dos dois intérpretes sobre choro, samba, baião, maracatu, frevo, a marcha rancho e tantos outros estilos e formas brasileiros, com influências do jazz, da música sinfônica,  da música de câmara de todas as épocas.

Agora nos cabe aproveitar este que é, sem dúvida, até aqui, o principal lançamento instrumental do ano. Para Paulo e Guinga a música não tem amarras. Eles a criam como filhas e as dão ao mundo para que vivam e espalhem benfeitorias em forma de sonoridade paridas de mãos e de dedos generosos. Em Saudade do Cordão reinam o belo violão de Guinga e a invencível clarineta de Paulo.

MÚSICA NO MUSEU
Guinga e Paulo Sérgio Santos -  lançamento do cd e dvd -"Saudade do Cordão” Local: Museu de Arte da Pampulha (Av. Otacílio Negrão de Lima, 16585)
Data: dia 16 de setembro - quarta-feira
Horário: 21 horas
Ingressos: R$ 10,00 (dez reais)
Ingressos à venda no MAP e loja CD Plus (Rua Paraíba, 1399, Savassi - Tel- 32878957)
Maiores Informações- 3277 7996
Patrocínio: Hermes Pardini