Galeria

04/05/2014

Nina Wirtti no show “Joana de Tal”

Próximos Eventos

1
2
7
4
6
5
3
?1468001446

Domingo no Museu

Leva para o palco do Museu de Arte da Pampulha grandes nomes da música mineira e brasileira, como Paulo César Pinheiro, Sérgio Santos, Vânia Bastos, Teresa Cristina, Fabiana Cozza, Juarez Moreira, entre outros, mesclando MPB, samba e a musica instrumental. O Projeto acontece sempre no primeiro domingo do mês, às 11h00, no auditório do MAP com ingressos a preços populares.

Nina Wirtti no show “Joana de Tal” 04/05/2014

106

 

Nina Wirtti no show “Joana de Tal”
Pela primeira vez em Belo Horizonte, a cantora se apresentará no projeto “Domingo no Museu”
Na manhã do primeiro domingo de maio, dia  4, às 11 horas, a voz encantadora e graciosa de Nina Wirtti tomará conta do palco do Museu de Arte da Pampulha (MAP), no projeto Domingo no Museu, realizado pela Veredas Produções. A cantora apresentará o show Joana de Tal, com a participação especial de Ronaldo do Bandolim. No repertório, que vai de novidades a pesquisa da forte tradição brasileira, músicas do seu primeiro CD, além de canções surpresa e composições em parceria com seu convidado.
Durante o show, homônimo ao disco, a cantora atuará ao lado de expoentes da música instrumental. Participarão da apresentação Guto Wirtti (contrabaixo acústico), Rafael Mallmith (violão de sete cordas) e Cassius Theperson (percussão). Os músicos interpretarão arranjos que dialogam com a música popular brasileira, com o jazz francês, com o fado e com a música árabe, sem descaracterizar composições inéditas e clássicos de autores como Guilherme de Brito, Noel Rosa, Haroldo Barbosa e Luiz Reis.
Joana de Tal é o primeiro trabalho da cantora, lançado em 2012, no Rio de Janeiro. O disco tem a participação de consagrados músicos, dentre eles Aquiles Moraes, Rui Alvim, Joana Queiroz, Bebe Kramer e Yamandu Costa. Os arranjos e direção são do contrabaixista e irmão da cantora, Guto Wirtti. “Ouvir o primeiro disco solo da cantora gaúcha Nina Wirtti é se sentir nos anos dourados do rádio no Brasil” - O Embrulhador (Os 100 melhores álbuns brasileiros de 2012).
Nina Wirtti é considerada pela crítica especializada como uma cantora que passeia entre a tradição e a modernidade. Com família musical, Nina nasceu em Santa Maria, no Rio Grande Sul e, ainda na infância, se mudou para o Rio de Janeiro. Nas rodas de samba e de choro na Lapa, a cantora despertou a atenção de ícones da MPB, entre eles Yamandu Costa, seu padrinho musical, Ronaldo do Bandolim e Paulão 7 Cordas.
O frescor da voz de Nina Wirtti já fez parte de apresentações de Hamilton de Holanda, Paulinho da Viola, Conjunto Época de Ouro, Marcelo Caldi, Marcos Sacramento, Áurea Martins, Nicolas Krassik, entre outros. Em 2012, participou da tradicional festa de carnaval carioca, Lapa Mundi, na qual foi eleita a rainha das marchinhas, pelo jornal O Globo. No ano seguinte, 2013, se apresentou no Festival Internacional Tango Brasil, com repertório argentino, que rendeu a criação do projeto “Veredas: tango a canção brasileira”. 
Com Bebe Kramer, cantou como convidada de Hamilton de Holanda no consagrado Baile do Almeidinha, no Circo Voador, no Rio de Janeiro. A cantora integra os grupos Regional Nacional e Gafieira do Bebe, este último acompanhada por Zé Carlos Bigorna, Guto Wirtti e Bebe Kramer, idealizador da formação. Em setembro de 2014, Nina Wirtti se apresentará no projeto “Sarau para Lupicínio”, em comemoração ao centenário do compositor gaúcho. Atualmente, a artista prepara o seu segundo disco, um trabalho inédito, de voz e bandolim, com o parceiro e bandolinista Luis Barcelos. 
A série Domingo no Museu
Tradicional no cenário cultural de Belo Horizonte e do estado, o Projeto Domingo Museu apresenta ao público ícones da música em um dos cartões postais da capital, o Museu de Arte da Pampulha (MAP). Patrocinado pela empresa Tecnocal, por meio da Estadual de Incentivo à Cultura, o projeto já recebeu artistas como Ná 
Ozzetti, Paulo Belinatti, Juarez Moreira, Trio Madeira Brasil, Henrique Cazes, Paulo Freire, André Mehmari, entre muitos outros. A realização do Domingo no Museu no MAP foi responsável por consolidar o local como um espaço de lazer e cultura para todos os belo-horizontinos.
SERVIÇO:
Domingo no Museu – Nina Wirtti no show Joana de Tal
Local: Museu de Arte da Pampulha (Av. Otacílo Negrão de Lima, 16585)
Data: Dia 04 de MAIO, às 11 horas
Ingressos à R$20 (inteira) - R$10 (meia-entrada) mediante a apresentação de carteira de estudante e comprovante de boleto de pagamento ou declaração comprobatória de matrícula
Locais de venda: Loja Acústica CD’s (Rua Fernandes Tourinho, 300) – a partir do dia 28 de abril e Museu de Arte da Pampulha no dia do evento
Informações: (31) 3277-7996

 

Nina Wirtti no show “Joana de Tal”

Pela primeira vez em Belo Horizonte, a cantora se apresentará no projeto “Domingo no Museu”

Na manhã do primeiro domingo de maio, dia  4, às 11 horas, a voz encantadora e graciosa de Nina Wirtti tomará conta do palco do Museu de Arte da Pampulha (MAP), no projeto Domingo no Museu, realizado pela Veredas Produções. A cantora apresentará o show Joana de Tal, com a participação especial de Ronaldo do Bandolim. No repertório, que vai de novidades a pesquisa da forte tradição brasileira, músicas do seu primeiro CD, além de canções surpresa e composições em parceria com seu convidado.

Durante o show, homônimo ao disco, a cantora atuará ao lado de expoentes da música instrumental. Participarão da apresentação Guto Wirtti (contrabaixo acústico), Rafael Mallmith (violão de sete cordas) e Cassius Theperson (percussão). Os músicos interpretarão arranjos que dialogam com a música popular brasileira, com o jazz francês, com o fado e com a música árabe, sem descaracterizar composições inéditas e clássicos de autores como Guilherme de Brito, Noel Rosa, Haroldo Barbosa e Luiz Reis.

Joana de Tal é o primeiro trabalho da cantora, lançado em 2012, no Rio de Janeiro. O disco tem a participação de consagrados músicos, dentre eles Aquiles Moraes, Rui Alvim, Joana Queiroz, Bebe Kramer e Yamandu Costa. Os arranjos e direção são do contrabaixista e irmão da cantora, Guto Wirtti. “Ouvir o primeiro disco solo da cantora gaúcha Nina Wirtti é se sentir nos anos dourados do rádio no Brasil” - O
Embrulhador (Os 100 melhores álbuns brasileiros de 2012).

Nina Wirtti é considerada pela crítica especializada como uma cantora que passeia entre a tradição e a modernidade. Com família musical, Nina nasceu em Santa Maria, no Rio Grande Sul e, ainda na infância, se mudou para o Rio de Janeiro. Nas rodas de samba e de choro na Lapa, a cantora despertou a atenção de ícones da MPB, entre eles Yamandu Costa, seu padrinho musical, Ronaldo do Bandolim e Paulão 7 Cordas.

O frescor da voz de Nina Wirtti já fez parte de apresentações de Hamilton de Holanda, Paulinho da Viola, Conjunto Época de Ouro, Marcelo Caldi, Marcos Sacramento, Áurea Martins, Nicolas Krassik, entre outros. Em 2012, participou da tradicional festa de carnaval carioca, Lapa Mundi, na qual foi eleita a rainha das marchinhas, pelo jornal O Globo. No ano seguinte, 2013, se apresentou no Festival Internacional Tango Brasil, com repertório argentino, que rendeu a criação do projeto “Veredas: tango a canção brasileira”. 

Com Bebe Kramer, cantou como convidada de Hamilton de Holanda no consagrado Baile do Almeidinha, no Circo Voador, no Rio de Janeiro. A cantora integra os grupos Regional Nacional e Gafieira do Bebe, este último acompanhada por Zé Carlos Bigorna, Guto Wirtti e Bebe Kramer, idealizador da formação. Em setembro de 2014, Nina Wirtti se apresentará no projeto “Sarau para Lupicínio”, em comemoração ao centenário do compositor gaúcho. Atualmente, a artista prepara o seu segundo disco, um trabalho inédito, de voz e bandolim, com o parceiro e bandolinista Luis Barcelos. 

A série Domingo no Museu
Tradicional no cenário cultural de Belo Horizonte e do estado, o Projeto Domingo Museu apresenta ao público ícones da música em um dos cartões postais da capital, o Museu de Arte da Pampulha (MAP). Patrocinado pela empresa Tecnocal, por meio da Estadual de Incentivo à Cultura, o projeto já recebeu artistas como Ná 

Ozzetti, Paulo Belinatti, Juarez Moreira, Trio Madeira Brasil, Henrique Cazes, Paulo Freire, André Mehmari, entre muitos outros. A realização do Domingo no Museu no MAP foi responsável por consolidar o local como um espaço de lazer e cultura para todos os belo-horizontinos.


Domingo no Museu – Nina Wirtti no show Joana de Tal
 

Local: Museu de Arte da Pampulha (Av. Otacílo Negrão de Lima, 16585)

Data: Dia 04 de MAIO, às 11 horas

Ingressos: R$20 (inteira) - R$10 (meia-entrada) mediante a apresentação de carteira de estudante e comprovante de boleto de pagamento ou declaração comprobatória de matrícula

Locais de venda: Loja Acústica CD’s (Rua Fernandes Tourinho, 300) – a partir do dia 28 de abril e Museu de Arte da Pampulha no dia do evento

Informações: (31) 3277-7996